Bethany Hamilton: Um exemplo de superação | Hope In Love
Tecnologia do Blogger.

Bethany Hamilton: Um exemplo de superação


Garota perde o braço em ataque de tubarão, mas não deixa de ser uma campeã no surfe e na vida.

Bethany Hamilton era, até então, uma surfista adolescente semiprofissional, que morava em uma das principais ilhas do arquipélago do Havaí. A garota de 13 anos tinha uma vida normal: uma família de entusiastas de surfe e outros esportes aquáticos, uma vida escolar comum, um cachorro e muitos amigos.

Bethany e Andy Irons(in memory) Imagem Facebook/ Bethany Hamilton



Na manhã de 31 de Outubro de 2003, Bethany, sua melhor amiga e o pai desta estavam surfando calmamente na praia de Tunnels, na ilha de Kaui. Bethany estava em companhia da família de amigos, pois naquela manhã o seu pai passaria por uma cirurgia no joelho. Apesar de há anos não ter sido registrado qualquer ataque de tubarão na região, a garota foi puxada por um tubarão pouco tempo depois de cair na água, perdendo o braço de imediato.

Imagem Facebook/ Bethany Hamilton
Foi constatado que o tubarão tinha entre 6 a 7 metros, considerando a abertura da mordida em sua prancha. O pai de sua amiga usou um leash (a corda que liga a prancha ao tornozelo do surfista) para aplicar um torniquete no braço de Bethany para estancar a hemorragia, o que a salvou. Por coincidência, Bethany usou a mesma sala de operações que estava reservada para a cirurgia de seu pai.


Uma questão de atitude

Imagem Facebook/ Bethany Hamilton
O que poderia ter destruído os sonhos e esperanças de uma garota adolescente nem sequer ofuscou o brilho de Bethany.  Dias após ter perdido o braço por completo, ainda no hospital, Bethany se mostrava confiante e alegre, fazendo brincadeiras e dando entrevistas para a imprensa local. O que chamou a atenção de todos foi a maturidade de Bethany em lidar com a situação, a sua atitude de fé em Deus, resignação e superação.

Bethany e Nick Vujicic  Imagem Facebook/ Bethany Hamilton


E o surfe? Assim que os ferimentos cicatrizaram, Bethany começou a buscar formas de retornar aos torneios locais, com o mesmo treinador. Foi preciso criar uma prancha especial para equilibrar o seu peso pelo braço que faltava. Não demorou para que Bethany começasse os treinos e se destacasse nas competições. A tragédia deu-lhe visibilidade na imprensa de todo o mundo e Bethany passou utilizar a fama para ajudar pessoas em dificuldade. Bethany hoje viaja o mundo dando palestras motivacionais e participando de campeonatos para arrecadar quantias beneficentes. Bethany também já escreveu alguns livros, o primeiro livro  que escreveu há alguns anos se transformou  no  filme Soul Surfer  veja abaixo o Trailer  Oficial do filme.


Competindo de igual para igual


Bethany poderia se tornar uma atleta paraolímpica. Contudo, no surfe ainda não há esta diferenciação. Bethany compete de igual por igual com outras surfistas sem deficiências, entre as quais, as melhores do mundo. Seu sonho é o título mundial do WCT, o título mais importante do esporte. Bethany ainda compete no WQS, que são as provas de entrada, mas com sua ousadia e determinação, tem tudo para entrar para a liga de elite.


Compartilhe no Google Plus

Sobre Anna Vlis

Anna Vlis (Silvana), tenho 35 anos, sou mãe, amiga e blogueira, apaixonada por pessoas que transpiram bondade,amor e honestidade,completamente fã dos meus filhos, ávida por boa leitura e filmes. Extremamente sonhadora. Cheia de defeitos e manias e sempre com um sorriso nos lábios. Eternamente grata ao meu maior amor, Jesus. Beijinhos lilás S2
    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por seu comentário! Isso me incentiva a postar sempre.

Não deixe link de blogs em seu comentário, para isso pode comentar como nome/url e deixar o link do seu blog. Bjinhos lilás <3