Um amor em quatro patas! | Hope In Love
Tecnologia do Blogger.

Um amor em quatro patas!


Confira os benefícios em ter um animal de estimação!

Para estimular o desenvolvimento do sistema imunológico, pesquisa sugere que durante a infância é importante a exposição a bactérias contidas na pelagem dos cachorros







 Você já pensou em ter um animalzinho de estimação em casa? Senão, pense melhor. Uma pesquisa feita pelo Instituto de Epidemiologia do Helmholtz Centre, em Munique (Alemanha), sugere que, durante a infância, a exposição a bactérias contidas na pelagem dos cachorros pode estimular o desenvolvimento do sistema imunológico e evitar futuros problemas no aparelho respiratório como asma e rinite alérgica. Os cientistas acreditam que a imunidade deve aparecer somente quando as crianças estiverem mais velhas, pois, embora seus exames de sangue tenham mostrado menor risco de desenvolver alergia, elas apresentaram tantos problemas respiratórios durante o estudo quanto crianças que não tinham cães.





 Cerca de 33 milhões de brasileiros que são donos de cães e 17 milhões que têm gatos já descobriram os benefícios de te um “amiguinho”. Ter um animal de estimação em casa exige alguns cuidados sim, mas o trabalho é pequeno se comparado aos benefícios que eles trazem para a gente.


Está mais do que comprovado que cães são ótimos companheiros para crianças: podem ajudá-las a desenvolver maior habilidade nas relações sociais, além de responsabilidade e respeito ao próximo. Agora, os pais têm mais uma razão para ceder aos encantos caninos.


Além disso, sabemos da fidelidade que o amigo bicho desenvolve com a família que o cria. Há uma história japonesa muito bonita, que fala sobre a lealdade de uma relação construída entre homem e cão. É a lenda do cachorro Hachiko, da raça Akita. Mesmo uma década depois de sua morte, Hachiko costumava esperar todo dia na estação de trem de Shibuya por seu dono, um professor da Universidade de Tóquio. As pessoas ficaram tão tocadas que construíram uma estátua a Hachiko na estação, agora um ponto de encontro popular na cidade.


A história de Hachiko, que morreu em 1935, foi transformada em filme em 1987 no Japão. A nova versão, dirigida por Lasse Hallstrom, foi estrelada por Richard Gere(leia aqui).


Além da cumplicidade e companheirismo, há outros fatores positivos em se ter um animalzinho de estimação:


  Donos de animais vão menos ao médico, é o que dizem os pesquisadores da Universidade de Cambridge, na Inglaterra. E precisam tomar menos remédios, segundo um estudo australiano. Quando ficam doentes, os donos de cães ainda saem do hospital, em média, dois dias antes que os demais.



 Corretores da Bolsa de Valores de Nova Iorque foram submetidos, durante uma pesquisa, a situações de estresse e só os que tinham um animal de estimação apresentaram taxas normais de pressão arterial. É que a sensação de responsabilidade e companheirismo diminui o nervosismo e dilata os vasos sanguíneos. Um estudo de 1980 já apontava isso: Durante um ano, a doutora Erika Friedmann acompanhou 92 homens e mulheres hospitalizados por ataques cardíacos. Ela constatou que 11 dos 39 pacientes sem bichos morreram, enquanto apenas 3 dos 53 donos de cães e gatos tiveram o mesmo fim.



 Mais uma pesquisa americana, realizada com 240 casais, revelou que a presença de um mascote em casa deixa as tarefas do dia a dia muito mais agradáveis, aliviando nossa pressão cotidiana. Segundo o veterinário Johannes Odedaal, essa interação libera endorfina, dopamina e outros hormônios que reduzem a ansiedade e relaxam o corpo.



 Mulheres que adotam um cão ou gato filhote passam a produzir mais ocitocina, conhecida como hormônio do amor. A substância é responsável pela alegria quando a mãe dá à luz o bebê e quando o amamenta.



Para quem ainda não tem um bichinho, lembre-se, nunca é tarde para adotar um amor de quatro patas! Em Brasília tem um abrigo maravilhoso que cuida desses amorzinhos, entre em contato e adote um ou ajuda com doações de rações! Abrigo Flora e Fauna, conheça esse projeto lindo.
Compartilhe no Google Plus

Sobre Anna Vlis

Anna Vlis (Silvana), tenho 35 anos, sou mãe, amiga e blogueira, apaixonada por pessoas que transpiram bondade,amor e honestidade,completamente fã dos meus filhos, ávida por boa leitura e filmes. Extremamente sonhadora. Cheia de defeitos e manias e sempre com um sorriso nos lábios. Eternamente grata ao meu maior amor, Jesus. Beijinhos lilás S2
    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por seu comentário! Isso me incentiva a postar sempre.

Não deixe link de blogs em seu comentário, para isso pode comentar como nome/url e deixar o link do seu blog. Bjinhos lilás <3