Miyamoto Musashi: O caminho do guerreiro | Hope In Love
Tecnologia do Blogger.

Miyamoto Musashi: O caminho do guerreiro

Tanto na história como na vida cotidiana, o mundo está cheio de guerreiros, que travam várias batalhas para vencer os desafios em suas vidas. E se hoje há este espírito de lutas em muitas pessoas, isto se deve em grande parte a um espadachim japonês chamado Miyamoto Musashi. Este lendário ronin da era feudal participou de inúmeras batalhas, sem nem mesmo ter sido tocado. Confira mais detalhes sobre sua trajetória e como ele influenciou importantes aspectos da vida moderna.



A vida e a história de Musashi



 Myiamoto Musashi - Foto Retrato Akaitori 


Este grande guerreiro nasceu em 1584 na aldeia de Miyamoto, local em que aprendeu com o seu pai suas primeiras lições com espada. Sua vida nunca foi fácil, e aos sete anos de idade Musashi foi obrigado a fugir de casa depois de ser ameaçado de morte por seu progenitor e passou a viver com seu tio. E depois de fazer 13 anos de idade, ele travou seu primeiro duelo com um famoso espadachim, derrotando-o quase que instantaneamente. A partir de então seu objetivo de vida foi dominar totalmente a arte da espada.



Com 15 anos Musashi partiu em sua primeira viagem como guerreiro peregrino, e aos 17 anos entrou no exército de Toyotomi Hideyoshi, participando de batalhas importantíssimas e conquistando fama em todo o Japão. Até os 22 anos ele ficou sumido, até que apareceu em Kioto e derrotou três mestres arrogantes de uma famosa escola. Seus feitos incluiriam ainda uma importante em 1612. Na ocasião ele lutou com Sasaki Kojiro, que dominava a mesma técnica de duas espadas que ele, quase inédita na época. Improvisando com um remo como espada, ele pulou e acertou-lhe com um golpe certeiro.  



Mais feitos inspiradores deste espadachim



 Myiamoto Musashi  - Foto Retrato David Steban


Depois de uma vida de sucessos, o espadachim criou um estilo único de luta com duas espadas, o Niten Ichi Ryu. Em suas mais de 60 batalhas, ele venceu sem nunca ter sido ferido ou tocado, mesmo ao enfrentar mais de um guerreiro ao mesmo tempo. Aos 59 anos, ele se retirou para uma caverna a oeste da cidade de Kumamoto. Lá, além de desenvolver técnicas de meditação e luta, ele escreveu O Livro dos Cinco Anéis, um famoso manuscrito em que ensinou lições valiosas de vida a partir de sua história.


Dois anos depois, Musashi começou a pressentir a sua morte. Assim, ele entregou para um discípulo uma cópia escrita de seu segundo livro, O Caminho do Andarilho Solitário. Logo após esta lenda japonesa veio a falece com 61 anos, deixando um legado de vida e de luta que serve de inspiração para todas as pessoas. Por meio de seus dois livros e dos incríveis feitos que foi capaz, o espadachim deu exemplos práticos de como vencer todos os desafios impostos pela vida, independentemente da dificuldade que apresenta.


O caminho do guerreiro





Levando em conta o período de instabilidade e de incertezas que paira no mundo, é importante conhecer e se inspirar em histórias como a de Miyamoto Musashi. Ler os livros que ele escreveu e levar suas lições para a vida podem ajudar muito a todos os que fizerem isto, seja no aspecto profissional ou pessoal. Graças a este homem é possível saber que ter conflitos e desafios é algo inevitável para todas as pessoas, mas todos estes são capazes de ser vencidos com força e determinação. Assim suas reflexões são válidas.
Compartilhe no Google Plus

Sobre Anna Vlis

Anna Vlis (Silvana), tenho 35 anos, sou mãe, amiga e blogueira, apaixonada por pessoas que transpiram bondade,amor e honestidade,completamente fã dos meus filhos, ávida por boa leitura e filmes. Extremamente sonhadora. Cheia de defeitos e manias e sempre com um sorriso nos lábios. Eternamente grata ao meu maior amor, Jesus. Beijinhos lilás S2
    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por seu comentário! Isso me incentiva a postar sempre.

Não deixe link de blogs em seu comentário, para isso pode comentar como nome/url e deixar o link do seu blog. Bjinhos lilás <3